Ucraniana descreve sua partida de Kiev e como tem usado a rede do Rotary para ajudar outras pessoas

Por Iryna Bushmina, representante do Rotaract no Distrito 2232 (Ucrânia)

Iryna Bushmina

Minha irmã, seu marido, o bebê deles de três meses e um gato estavam no carro. Quando chegamos à fronteira, os homens já não podiam mais sair do país e, então, continuei o trajeto com minha irmã e sobrinho. Passamos cinco dias no carro, chegando à Viena no sexto.

Dormimos em três países diferentes. Não em hotéis, mas em casas de rotarianos e rotaractianos. Eu costumava dizer que o Rotary International era uma grande família, mas agora realmente acredito nisso. Estou convencida de que esta é uma família com a qual você sempre pode contar. Estas não são mais palavras bonitas para mim, isto é a realidade.

Eu ainda estava no carro quando tive a ideia de mobilizar o Rotaract Europa. Percebi que não era a única pessoa que precisava de ajuda e apoio. Como minha irmã estava dirigindo, eu estava com as mãos livres. Comecei a escrever sobre a situação na Ucrânia para todos os grupos de rotaractianos que conhecia. Muitos responderam na mesma hora. As pessoas imediatamente criaram grupos com diferentes objetivos e me ajudaram a liderá-los. Não eram projetos super bem pensados, mas iniciativas que começaram a funcionar desde o primeiro dia.

O Rotaract se mobilizou de forma extremamente rápida, e percebi que precisávamos começar com pequenos projetos para ajudar os rotarianos e rotaractianos da Ucrânia a encontrarem acomodações em outros países. O projeto cresceu e agora estamos ajudando muitos ucranianos a encontrarem um novo lar. Conseguimos mais de 2.000 famílias anfitriãs para acolher refugiados.

O projeto cresceu e agora estamos ajudando muitos ucranianos a encontrarem um novo lar. Conseguimos mais de 2.000 famílias anfitriãs para acolher refugiados.

As solicitações que estamos processando variam, indo desde assistência com mudança até busca por acomodações e fornecimento de outros tipos de apoio humanitário. No momento, há uma grande demanda por capacetes, termovisores, coletes à prova de balas e artigos semelhantes para as forças de defesa.

Algumas cidades pedem por coisas simples, como comida e água. E isso é o que mais dói. Especialmente quando todos percebemos que o exército russo está nos impedindo de levar ajuda humanitária aos civis e eles estão morrendo de fome e desidratação.

Só na minha equipe internacional há mais de 100 pessoas, e cerca de 50 na equipe ucraniana. Não sei exatamente quantos rotaractianos estão envolvidos em ajudar a Ucrânia. Cada país tem seus próprios projetos. Alguns clubes também organizam assistência separadamente. Uns estão mais envolvidos do que os outros, mas mesmo a menor contribuição é valiosa e pode salvar vidas.

Nós trabalhamos em quatro áreas:

1. Disseminar informações verdadeiras sobre a situação na Ucrânia

2. Encontrar alojamento e anfitriões para os ucranianos que precisam de abrigo

3.  Enviar ajuda humanitária

4. Garantir apoio financeiro para aqueles que precisam

Nem todas as pessoas escrevem ou expressam sua gratidão. Mas, para ser sincera, eu não espero isso. Depois do que elas passaram – o medo, o stress, a espera na fronteira por três ou quatro dias – não precisamos que elas agradeçam. Só precisamos ter certeza de que estão seguras e conseguem ter acesso ao que precisam para sobreviver e ajudar os outros.

Este é um momento de compreensão. É claro que, quando algumas pessoas mandam mensagens de agradecimento, isso me deixa muito feliz.

A Fundação Rotária criou um canal de apoio humanitário direto na região da Ucrânia. Acompanhe atualizações sobre como os associados do Rotary estão fornecendo ajuda humanitária no TwitterFacebookInstagramLinkedIn, Rotary.org e Meu Rotary.

5 respostas em “Ucraniana descreve sua partida de Kiev e como tem usado a rede do Rotary para ajudar outras pessoas

  1. Rotarianos, como sempre, fazendo a diferença .
    Mas gratificante ainda, nesta ajuda humanitária aos companheiros e companheiras ucranianos. Ser acolhida por famílias rotarianas, faz toda diferença e segurança, pois, muitos, estão aproveitando este momento de desespero para iludir e aproveitar a fragilidade dos refugiados.
    Parabéns !!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s