Por que eu finalmente entrei para um Rotary Club

Por Erin Maloney

Erin Maloney assistindo à gravação da Convenção de 2020 (na tela, seu irmão Mark Maloney, presidente do Rotary International em 2019-20.

Até meados deste ano, eu nunca havia pensado em me associar a um Rotary Club. Apesar de ter me envolvido em projetos – desde o combate à violência doméstica até o oferecimento de aulas de música –, o modelo tradicional do Rotary, com reuniões semanais, nunca me atraiu.

Continuar lendo