ITFR: tênis, companheirismo e projetos, sem Covid-19

Neste mês, em que celebramos os nossos associados, compartilhamos esta história contada por Marcos Franco, presidente do Grupo Internacional de Companheirismo de Tênis de Rotarianos, 2020-22. Ocorrida no final do ano passado, ela mostra como momentos de lazer e amizade fazem parte do que é viver no Rotary.

Os dias 2 a 5 de dezembro ficarão marcados na história do Rotary. Neles, 19 tenistas rotarianos brasileiros e seus familiares realizaram o 8º Campeonato Brasileiro do ITFR, para manter acesa a chama do companheirismo, um dos valores do Rotary International, que é a base do ITFR – Grupo Internacional de Companheirismo de Tênis de Rotarianos.

Por meio de seu Rotary Club, a cidade de Serra Negra – Distrito 4590 – foi o local escolhido, mais precisamente o CTK – Centro de Treinamento Kirmayr. Foram quatro dias de intenso companheirismo, jogos de tênis, muito aprendizado rotário e contribuição para o nosso grande projeto mundial: a erradicação da pólio.

Grupo de rotarianos e familiares se reuniu para campeonato de tênis
Continuar lendo

Seja um modelo para a iniciativa “Cada Um Traz Um”

Por Elizabeth Usovicz, diretora do Rotary International, zonas 30 e 31

As conexões do Rotary são poderosas, tanto para atuais associados quanto para os futuros. Depois de 16 meses de confinamento, negócios on-line e reuniões virtuais do Rotary, eu encontrei recentemente uma antiga cliente para um almoço. O restaurante que escolhemos estava tranquilo aquele dia, e a área de refeições estava vazia exceto por uma única mesa.

Elizabeth Usovics

Nossos companheiros de refeição eram dois homens jovens de diferentes raças. Eles pareciam falar sobre trabalho quando minha cliente e eu nos sentamos à uma mesa perto. Nós não focamos na conversa deles até que nossos ouvidos super atentos ouviram um deles dizer “Rotary”.

Continuar lendo

Fazendo o Rotary crescer através do programa de candidatos à associação

Por KR Parthasarathy, governador assistente do Distrito 3150 (Hyderabad, Índia)

Fazer algo de bom no mundo rotário sempre foi minha paixão, e o alcance e acesso que tive como governador assistente no meu distrito, na Índia, permitiu que eu alcançasse este objetivo.

Meu esforço para fazer o Rotary crescer na minha região começou com a ideia para reavivar o Rotaract Club de Secunderabad, de 52 anos de existência. Baseado na comunidade, o clube foi fundado em abril de 1968 e é um dos Rotaract Clubs mais antigos do mundo. Até alguns anos atrás, o clube estava inativo, com pouca atividade e engajamento dos seus associados. Começamos no topo, renovando a liderança e recrutando pessoas motivadas e ativas. Como resultado, admitimos 30 associados e descobrimos maneiras de envolvê-los em serviços comunitários de que eles se orgulhavam de participar.

O Rotaract Club de Secunderabad Medicos doou camas para o tratamento de covid-19 no Gandhi Medical Hospital
Continuar lendo

Por que os conceitos de diversidade, equidade e inclusão são importantes para o Rotary

Nota do editor — Em setembro de 2020, o Rotary formou a Força-tarefa de Diversidade, Equidade e Inclusão (D.E.I.) para avaliar onde a organização se encontra em relação a esses assuntos e, ao mesmo tempo, elaborar um plano de ação abrangente para nos guiar e fazer com que valorizemos e vivenciemos esses princípios no Rotary. Este é o primeiro de uma série de blogs que faremos com os membros da força-tarefa sobre seu trabalho, ressaltando os motivos pelos quais diversidade, equidade e inclusão devem ser parte de tudo o que fazemos.

Katey Halliday é ex-presidente e associada fundadora do Rotaract Club de Adelaide City. Recentemente, ela entrou para o Rotary Club de Adelaide Light. Katey organizou a primeira participação do seu distrito na Parada do Orgulho Gay e é membro do grupo de trabalho do Plano de Ação de Reconciliação (RAP) do seu Rotaract Club, que visa a formação e manutenção de relacionamentos calcados no respeito e a criação de oportunidades para os povos aborígines e habitantes das Ilhas do Estreito de Torres. Ela foi homenageada com o título de Companheiro Paul Harris por seu distrito em 2019, por sua atuação no Rotary.

Continuar lendo

Veja como é fácil e divertido para um clube ir longe

Por Tom Gump, governador do Distrito 5950, associado do Rotary Club de Edina-Morningside, EUA

Governador Tom Gump, Distrito 5950

Meu distrito tem vários clubes novos e dinâmicos que estão em franco crescimento. Dos associados fundadores, 88% são novos no Rotary, o que ressalta a importância de darmos todo o apoio a eles para que descubram as nuances da organização. Mas como fazer isso de maneira correta e eficaz? É simples, nós oferecemos uma causa, flexibilidade, diversidade e diversão! 

Dê uma causa e os meios para entrar em ação

Continuar lendo

Rotary: costura e renda durante a pandemia

Por Aurea Santos, especialista em Comunicação do Rotary International

Além de milhões de vidas, a pandemia de Covid-19 levou embora os empregos e a renda de muita gente. E para aqueles que vivem nas ruas ou em comunidades, se manter durante este período ficou ainda mais difícil. Por isso, na capital paulista, o Rotary Club de São Paulo – Sul desenvolveu um projeto para dar um novo rumo a dezenas de beneficiários.

Rotary investiu na compra de máquinas e insumos para as oficinas
Continuar lendo

Intercâmbio de jovens: uma história de amizade

Por Elias Antônio Neto, advogado e associado ao Rotary Club de Ribeirão Preto-Oeste desde 2000

Há, nos Estados Unidos, cinquenta estados. Nova Iorque é um deles. Sua capital é Albany, e a cidade mais populosa tem o mesmo nome que o estado: Nova Iorque. Os estados norte-americanos estão subdivididos, administrativamente, em territórios chamados condados (exceto nos estados do Alasca e Louisiana, onde as divisões administrativas são chamadas, respectivamente, de distritos e paróquias). Um condado (em inglês: county) equivaleria, em um paralelo, a uma comarca aqui do Brasil. Isso porque um condado pode abranger mais de uma cidade.

No estado de Nova Iorque, a sudeste, há uma grande ilha chamada Long Island. Suffolk é um dos quatro condados de Long Island; Shelter Island é uma pequena cidade (e ilha) localizada no condado de Suffolk. Em 1970, a população de Shelter Island era de 1650 habitantes; hoje é de cerca de 2.500.

Em 1973, o distrito 4480 do Rotary selecionou Sílvia Helena Junqueira, candidata indicada pelo Rotary Club de São José do Rio Preto (SP), para participar do Programa de Intercâmbio de Jovens. Seu destino foi Shelter Island, e o distrito anfitrião foi o 7720 – do qual faz parte o Rotary Club de Greenport.

Continuar lendo

Rotary: treinamento na Finlândia qualifica professores no Amapá

Por Aurea Santos, especialista em Comunicação do Rotary International

Qualificar os professores da rede pública para que os estudantes possam ter um ensino de qualidade sempre foi um desafio no Brasil como um todo. E no Amapá, esse desafio era ainda maior em 2014, quando o estado apresentava uma nota 4 no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Foi aí que um projeto do Rotary Club de Macapá entrou em cena para desenvolver professores da rede municipal e trazer novas formas de ensino ao estado.

Professores do Amapá participam de workshop na Finlândia
Continuar lendo

O Rotary está salvando mães e filhos na Nigéria

Por John Townsend, presidente do Grupo Rotary em Ação pela Saúde Reprodutiva Materno-Infantil (RMCH), e Emmanuel Lufadeju, coordenador nacional do RMCH da Nigéria 

Gift, uma jovem grávida de uma comunidade rural na Nigéria, está preocupada com o rápido inchaço em seus pés e as dores de cabeça cada vez mais frequentes. Ela está com medo de que algo possa estar errado com sua gravidez e que haja algum risco para o bebê. Pior ainda, Gift pensa sobre o que aconteceria com sua filha de três anos, caso ela morresse durante a gravidez. Como outras mulheres da comunidade morreram tragicamente de causas evitáveis durante a gestação, ela consulta sua mãe e uma parteira para obter orientação.

Quando uma mãe morre, seu recém-nascido também corre risco de vida. Em cada 30 mulheres que sofrem de complicações e requerem cuidados de saúde adicionais e caros, uma acaba morrendo. Isto é um problema crítico em um país com mais de 206 milhões de habitantes e 2,5% de crescimento anual, onde ocorrem 20% das quase 300.000 mortes maternas anuais em todo o mundo. Neste contexto, somente cerca de 12% das mulheres casadas conseguem usar contraceptivos para evitar gravidezes indesejadas, e apenas um terço tem acesso a atendimento médico de rotina.

Dr. Salawuddeen explica a imagem de um ultrassom para uma gestante no Sumaila General Hospital, na Nigéria.
Continuar lendo

Refugiados venezuelanos encontram ajuda e refeições

Voluntários do centro de distribuição do albergue Douglas oferecem comida para pessoas em Pamplona, Colômbia.

Por Cristal Montañez Baylor, coordenadora internacional do projeto Hope for Venezuelan Refugees e associada do Rotary E-club de Houston, Texas, Estados Unidos

É imensamente gratificante ver crianças, em meio a uma crise, sorrirem novamente compartilhando uma refeição. Seu coração é tocado enquanto você sente os pais ficarem menos tensos e vê expressões de esperança irradiar de seus rostos.

O artigo 25 da Declaração Universal dos Direitos Humanos estabelece o acesso à comida como um direito humano fundamental. E o acesso à comida continua a ser um ponto focal da crise humanitária venezuelana.

Continuar lendo