Telepolio 2021: saúde e vacinas em foco

“Precisamos nos recuperar desse atraso vacinal, especialmente nesse cenário de volta do convívio social. Carteiras de vacina em atraso significam o risco de introdução de doenças já controladas. A pólio é uma delas. Não podemos ter esse tipo de recuo, sonhar com essa perspectiva de retorno de doenças já controladas”.

O alerta é do infectologista e pediatra Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). Kfouri é um dos especialistas em saúde que participam da edição de 2021 do Telepolio, programa organizado por associadas e associados do Rotary no Brasil para arrecadação de fundos para o combate à poliomielite.

O programa deste ano vai ser transmitido no próximo sábado, dia 16, às 11h, pelo Youtube (https://youtu.be/fe_8VQlBbCo). Com a vacinação da Covid-19 avançando no Brasil, um painel de especialistas se reúne para falar dos desafios da vacinação em geral no país, desde a produção até a aplicação na população.

O avanço da desinformação sobre a segurança das vacinas e a importância das mesmas afetou não apenas a população adulta hesitante em tomar o imunizante contra o coronavírus. Milhões de crianças também foram afetadas, com a taxa de cobertura vacinal apresentando queda para a imunização contra diferentes doenças, incluindo a paralisia infantil.

Por isso, os Rotary Clubs do Brasil se uniram para alcançar dois objetivos ao mesmo tempo: levar informação cientifica sobre as vacinas à população e arrecadar fundos para a erradicação da poliomielite no mundo.

Margareth Dalcomo, pneumologista e pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocurz), e Rosana Ritchmann, infectologista do Instituto Emílio Ribas, também trazem suas contribuições ao Telepolio deste ano.

Sobrevivente da paralisia infantil, o famoso jornalista Boris Casoy dá seu depoimento sobre como a doença afetou sua vida e a de sua irmã, também contaminada pelo vírus.

A apresentação desta edição é feita pelo cantor Michel Teló. Filho de rotarianos, ele dá o ar de sua graça pelo segundo ano seguido no programa. Outras celebridades, como a ginasta Rebeca Andrade e a atriz Rita Guedes também chamam a atenção para a necessidade de se erradicar a pólio no mundo.

E não para por aí, mas se você quer saber mais sobre o Telepolio deste ano, não perca a apresentação no próximo sábado.

Já a sua doação pode ser feita agora mesmo. Acesse o site http://www.endpolio.org/pt/donate e doe!

Juntos, nós combatemos a pólio!

2 respostas em “Telepolio 2021: saúde e vacinas em foco

Deixe uma resposta para Valdimir forti Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s