Três coisas que você precisa saber sobre a aprendizagem solidária

Por Caitlin Cangialosi, especialista em engajamento e programas do Rotary International

Todos os anos, mais de 350 mil jovens participam dos programas pró-juventude do Rotary. No entanto, até recentemente, o Rotary não tinha recursos que os envolvessem diretamente nos serviços humanitários – um fato que me surpreendeu quando comecei a trabalhar na equipe de Programas para Jovens Líderes do Rotary International, em 2019.

Nós costumávamos incentivar os interactianos, participantes do RYLA, estudantes do Intercâmbio de Jovens e seus mentores a se envolverem em projetos, mas recebíamos o feedback de que eles precisavam de mais orientação para começar, determinar que tipo de projetos fazer e conhecer boas estratégias de engajamento.

Por isso, não hesitei quando tive a oportunidade de trabalhar em uma nova colaboração com o National Youth Leadership Council (NYLC), uma organização líder em engajamento juvenil, para desenvolver recursos voltados aos participantes dos nossos programas e a seus conselheiros.

Usando o vasto conjunto de habilidades e conhecimentos do NYLC, trabalhamos juntos no último ano para desenvolver materiais usando uma abordagem inovadora de engajamento juvenil, conhecida como aprendizagem solidária. Ela capacita os jovens a promoverem mudanças reais em suas comunidades, unindo serviços comunitários a objetivos de aprendizado. Também está comprovado que esse método contribui diretamente a um melhor desempenho acadêmico e maior compreensão da responsabilidade cívica.

Em parceria com o NYLC, criamos recursos interativos e voltados a resultados, que oferecem orientação específica para os jovens participantes e seus conselheiros adultos. Veja a seguir três coisas que você precisa saber sobre a aprendizagem solidária:

  1. Ela é liderada pelos jovens. Com a orientação de um conselheiro adulto, os participantes são responsáveis por sua experiência com os serviços humanitários. Eles aprendem habilidades de liderança enquanto fazem avaliações das necessidades comunitárias, desenvolvem e implementam um plano de ação, e analisam o impacto de seus projetos.
  2. Ela aprimora as habilidades dos participantes. A aprendizagem solidária ajuda os jovens a desenvolverem habilidades importantes para sua vida, como pensamento crítico, autogestão e liderança.
  3. Ela tem impacto duradouro nas comunidades. Os jovens aprendem a identificar e tratar necessidades reais, gerar mudanças e garantir um impacto sustentável e duradouro.

Acesse a Central de Aprendizado do Rotary para encontrar cursos e apostilas que o ajudarão a criar oportunidades de aprendizagem solidária para jovens do seu clube ou distrito. Depois, envie um relato da sua experiência para youngleaders@rotary.org.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s