Como tornar seu projeto de água e saneamento sustentável

Nas Filipinas, associados do Rotary Club de Intramuros e Florencio Naguit, de jaqueta azul

Por Florencio Naguit, Rotary Club de Intramuros-Manila, Filipinas

Em 2020, o meu clube concluiu o primeiro projeto de Subsídio Global, fornecendo 28 banheiros a três comunidades indígenas da etnia aeta. Os aeta são descendentes do primeiro povo a chegar nas Filipinas e há séculos cultivam e caçam nas terras dos seus ancestrais. Duas destas comunidades se encontram em regiões montanhosas isoladas que ficam a cinco horas de carro de Manila, e a terceira fica em uma área mais próxima e urbana. Assim como mais de 10 milhões de famílias filipinas, eles não têm banheiro em casa e precisam usar fossas inadequadas ou defecar a céu aberto, o que causa doenças. Todos merecem acesso a saneamento adequado e o nosso objetivo era ajudar estas famílias a criar uma mudança positiva, aprendendo a importância da lavagem das mãos e do uso de banheiros.

Este foi o projeto mais difícil de que já participei, e ele não teria sido possível sem o apoio do nosso parceiro internacional, o Rotary Club de Batemans Bay, na Austrália, com quem trabalhamos há quase duas décadas em iniciativas grandes e pequenas. Contamos também com o apoio de duas organizações colaboradoras que conhecemos por meio de neworking. Seguem algumas dicas baseadas nas lições que aprendemos com esta iniciativa:

Leia, pesquise e estude

Para que seu pedido de subsídio seja aprovado pela Fundação Rotária, você precisa saber quais os requisitos para o tipo de projeto que quer realizar e os procedimentos que devem ser seguidos. Acesse o Meu Rotary (crie uma conta, se já não tiver uma) e confira todos os recursos disponíveis na Central de Subsídios. Conhecer tais requisitos não apenas aumentará as chances de seu pedido ser aprovado, mas também melhorará o seu projeto ao garantir que os resultados sejam duradouros.

Se seu pedido não for aprovado da primeira vez, tente novamente

Não desanime se sua primeira tentativa para obter um Subsídio Global não for bem-sucedida. Eu já vi muitos clubes desistirem quando não receberam a resposta esperada. Antes do nosso projeto, pesquisei várias comunidades, coletei o máximo possível de fatos e estatísticas e verifiquei uma vez após a outra todos os documentos. E, mesmo assim, meu pedido foi negado.

Mas eu tinha feito uma promessa aos nossos beneficiários e não ia desistir só por causa de um pedido falho. Com determinação, resolvi corrigir as falhas do pedido. Fiz mais pesquisas, obtive os dados que o funcionário regional encarregado de subsídios pediu, e confirmei o orçamento e detalhes. Revi o local do projeto, trabalhei com a comunidade local para conseguir respostas e pedi conselhos e ajuda aos nossos parceiros. Quando tudo estava pronto, enviei novamente meu pedido de subsídio e desta vez ele foi aprovado!

Envolva a comunidade desde o início

Há uma boa razão pela qual cada subsídio da Fundação exige uma avaliação da comunidade. Quando ela se sente parte do projeto, as chances de sucesso aumentam drasticamente. Um plano de sustentabilidade realista e viável exige que todas as partes envolvidas tenham papéis e responsabilidades específicos. Antes de criar os módulos de treinamento, você precisa saber se a comunidade está disposta a participar desta jornada que gradativamente levará a mudanças de comportamento. Eles precisarão aceitar e cumprir os procedimentos necessários para a gestão e o financiamento local das instalações. Estes aspectos terão de ser incorporados no início da iniciativa, e não no fim. Os nossos doadores querem saber que seu dinheiro está apoiando a educação sobre saneamento e higiene que resultará em uma mudança de comportamento duradoura, e que o acesso à água e saneamento serão mantidos em longo prazo.

Estabeleça uma parceria e conte com ela

É importante cultivar uma parceria bem-sucedida entre o parceiro local e os parceiros internacionais. Entender as diferenças de língua, cultura e práticas locais cria uma aliança eficaz. Quando os parceiros se comportam de forma empresarial, a relação é fortalecida por meio da cooperação, disponibilização de informações concretas e precisas, e transparência nos demonstrativos financeiros.

Finalmente, mantenha documentação adequada do trabalho

Documentar toda a atividade adequadamente ajuda na hora de preparar o relatório final da Fundação e assegura que o projeto esteja no caminho certo para a sustentabilidade. Registre o progresso da iniciativa por meio de relatórios, imagens e vídeos para responder facilmente às perguntas: quem, o que e quando. Além disso, será mais fácil promover e postar o projeto nas mídias sociais, e essas informações podem se tornar a base para futuros projetos focados em água, saneamento e higiene.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s