Porque participo da Corrida Contra a Pólio

Masa 1

A equipe da Ásia apoia a participação de Masa Kato (terceiro a partir da direita) na Corrida Contra a Pólio.

Por Masa Kato

Eu e os outros cinco funcionários do RI que participarão do El Tour de Tucson no final deste mês temos razões pessoais diferentes para integrar a equipe da iniciativa Corrida Contra a Pólio. No entanto, todos nós temos uma coisa em comum: o desejo de ajudar o Rotary a erradicar a poliomielite. Além do meu principal objetivo, que é apoiar nossa prioridade de livrar o mundo desta doença, eu tenho duas outras razões pessoais pelas quais estou participando deste evento ciclístico.

Eu tenho visto a arrecadação de fundos por meio de contatos pessoais aumentar bastante na América do Norte. Há um grande potencial para apoiar o bem quando as pessoas usam suas conexões pessoais para incentivar doações a uma grande causa. Mas, infelizmente, esta abordagem não é tão forte no Japão, meu país natal, onde a ideia de coletivismo está enraizada. Sinto que há uma pressão contra ações individuais, pois na nossa cultura a tradição é agir coletivamente em vez de individualmente.

Espero que minha participação na corrida ciclística chame a atenção ao poder das ações individuais no Japão e em toda a Ásia. A quantia que eu vou arrecadar para a luta contra a pólio provavelmente não será exorbitante, mas se eu conseguir que mais rotarianos na Ásia usem seus contatos pessoais para angariar fundos, poderemos contribuir a muitos projetos dignos. E isso será motivo suficiente para uma comemoração com dois barris de saquê!

Masa 2.PNG

Masa Kato treinando para a corrida ciclística.

Minha segunda razão está relacionada ao meu filho de seis anos, que é deficiente auditivo (ele não ouve em um de seus ouvidos). Estou correndo neste evento para mostrar a ele que sempre haverá pessoas e amigos dispostos a ajudar aqueles com deficiências. Até agora, o problema do meu filho não prejudicou seu aprendizado e ele é muito ativo na escola. Mas qualquer coisinha pode desencadear o bullying e fico preocupado sobre como as crianças vão reagir quando ele não responder a algo que lhe perguntarem. Ao saber que há pessoas apoiando a Corrida Contra a Pólio para garantir que as crianças do futuro não tenham medo desta terrível doença, espero que ele veja que tem muita gente que realmente se importa com os outros.

Apoie nossa equipe pelo Rotary Ideas

Masa Kato é especialista em comunicação global do Rotary International. Ele e mais cinco funcionários do RI se juntarão ao secretário-geral John Hewko, em 23 de novembro, no evento ciclístico El Tour de Tucson, no Arizona, EUA, que visa arrecadar fundos para a erradicação da pólio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s