Ensinando e mudando o futuro

Por Julia Phelps, Diretora do Rotary International

151215_philippine_vttEm maio de 2013, quatro professores de ciências das Filipinas voltaram ao seu país depois de uma visita aos Estados Unidos como integrantes de uma equipe de formação profissional. Eles passaram 30 dias observando aulas, visitando museus de ciências e fazendo apresentações em Rotary Clubs de Massachusetts e New Hampshire.

Foi um período emocionante para todos nós, pois aprendemos muito mais do que estratégias para o ensino da matéria. Aprendemos que, independentemente do nosso país de origem, todos queremos o melhor para nossos alunos. Queremos que eles se saiam bem e, como professores, buscamos fazer uma grande diferença.

Como anfitriões, ficamos muito orgulhosos do que havíamos conquistado. Os professores voltaram às suas escolas nas Filipinas e logo começaram a causar impacto. Eles venceram competições regionais e nacionais, foram promovidos ao status de mestres e contribuíram para um aumento significativo no aproveitamento escolar dos alunos. Eles realmente estavam fazendo a diferença.

No mês passado, em viagem às Filipinas, fiz questão de me reconectar com os membros da equipe de formação profissional. Visitei duas escolas e notei que os professores haviam implementado técnicas aprendidas durante a participação no nosso programa. Vi algumas meninas fazerem uma experiência científica e explicarem o motivo dos resultados, presenciei o trabalho coletivo de estudantes para fazerem sua lição e testemunhei o entusiasmo e o engajamento dos alunos com o aprendizado.

Mesmo se a visita tivesse acabado ali, nosso trabalho já teria valido a pena. No entanto, Manny Sy Peng, governador do Distrito 3770, organizou uma reunião onde pudemos ouvir os integrantes da equipe falarem  sobre o impacto que a participação no programa causou em sua vida pessoal e profissional:

  • “Obrigada, governadora Terri Kidder, você mudou a vida de uma simples professora.”
  • “Voltei com mais autoconfiança. A jornada da equipe não acabou. Ela continua até hoje.”
  • “Meu sonho é criar um centro de recursos para professores na minha escola.”
  • “Julia, você nos pediu para voltar e fazer a diferença nas nossas escolas e comunidades, e é isso o que estamos fazendo.”

Lágrimas caíram dos meus olhos ao ouvir estes comentários. Quantas vezes eu havia pedido para os rotarianos “fazerem a diferença”? Esses professores ouviram minhas palavras e fizeram exatamente o que solicitei. Eu me enchi de orgulho, não apenas como educadora, mas também como rotariana, pelos resultados que alcançamos coletivamente.

O impacto foi realmente o que os líderes rotários haviam imaginado quando elaboraram o atual modelo de subsídios. Eles pediram para pensamos em impacto a longo prazo. E era isso que eu estava testemunhando.

Christa McAuliffe, professora e astronauta americana, disse: “Eu mudo o futuro – eu ensino.” Este sentimento foi evidente nas salas de aula que visitei e na vida dos quatro professores que fizeram parte da equipe de formação profissional.

Saiba como você pode apoiar equipes de formação profissional com a ajuda de um Subsídio Global.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s